• Fml Pepper

Por que seu livro não vende como você gostaria*?

Atualizado: Fev 16

Tá. Vou começar esse papo sério de um jeito light...


Carnaval 2021...

O que é o que é... O que a literatura tradicional e os outdoors têm em comum?


Não, amigo(a), não é nenhuma maluquice ou brincadeira de mal gosto para chamar a sua atenção.

Na verdade, é mais sério do que imagina... Mas, para que compreenda aonde quero chegar, responda com sinceridade:


Por que seu livro não vende como você gostaria*?


(*tempo para pensar...)


Sim, eu sei. É uma pergunta difícil.


Porque, é claro, existem diversos motivos — que vamos discorrer nos próximos posts —, mas hoje vou falar sobre um deles.


Aquele que, na minha opinião, é o grande vilão dessa história.


Porque sem ele nenhuma venda ocorre.


Zero. Nada. Absolutamente nenhuma.


E esse grande motivo se chama: ATENÇÃO.


Isso mesmo, amigo(a). Sem a atenção dos seus leitores e/ou potenciais leitores é simplesmente impossível vender.


Porque pesquisas comprovam que comprar um livro por impulso e sem a menor ideia do que se trata é a exceção à regra.


Ou seja, no dia a dia os leitores compram livros que, de alguma forma, já foram apresentados. Seja porque alguém o recomendou, o viu na vitrine de uma loja ou em alguma propaganda. Enfim, na maioria das vezes, quando a pessoa abre a carteira e o leva para casa, aquele determinado livro já não era um completo “estranho” para o comprador, esteja certo.


E, infelizmente, muitos escritores tendem a não dar a devida atenção a isso.


Porque essa afirmação é tão simples que chega a ser óbvia.


Mas o fato que venho comprovando nessa minha quase uma década na autopublicação digital é que os autores tendem a não compreender que hoje eles não são mais apenas escritores.


Nós somos empreendedores do livro!


E se quiser que seu livro sobreviva ao maior crítico de todos os tempos — O TEMPO —, você deve tratá-lo como um negócio.


O que eu estou querendo dizer com isso?


Triste panorama: livrarias físicas cada vez mais escassas e vazias

Que assim como qualquer outro empreendedor (seja um cabeleireiro, um personal trainer, um vendedor de sapatos ou esfirras), se você subestimar o fator “atenção” no seu negócio, o resultado será...


Zero vendas. Nada!!!


Você simplesmente não vai sair do lugar, assim como vejo com tristeza colegas com o mesmo número de leitores ano após ano, aguardando alguma intervenção divina, sem fazer absolutamente nada de diferente para crescer sua base de fãs...


Porque sem clientes não dá.


E com os leitores não seria diferente, afinal, eles são os seus clientes!


E você precisa saber onde está a atenção deles!


Pensa o seguinte: antes, o único jeito de conseguir a atenção de um cliente sem ser no boca a boca era através de anúncios em revistas, jornais, televisão, etc. Resumindo: era lá que a atenção estava.


Mas com a internet o mundo mudou. Tudo mudou.


Agora, a atenção do seu cliente/leitor (junto com a minha, a sua e de quase todo mundo) foi para o digital!

A maioria de nós dorme com o celular na mesinha de cabeceira, a um braço de distância. A dependência chegou a tal ponto que ele costuma ser a última coisa que vemos antes de deitar e a primeira ao acordar.


E com isso as pessoas deixaram de ver o intervalo comercial, os jornais de papel e revistas estão quase extintos, os outdoors esquecidos... Enfim, elas deixaram de observar ao redor e passaram a ver o mundo pelas lentes dos seus celulares.


Quer ver só?


Dá uma olhada nessa foto:


Absolutamente ninguém está prestando atenção nos 2 telões do aeroporto.

Vejam para onde as pessoas estão olhando...


Isso mesmo. Para os seus celulares!


E não se trata de um fato isolado. Veja essa outra foto:




Até andando de bicicleta!!!:




Essa é a nova realidade.


Se passar a reparar, verá que isso está acontecendo o tempo topo, em quase todos os lugares: nas ruas, nos restaurantes (fala sério! casais de namorados passam mais tempo olhando para o celular do que para a pessoa amada!), no ônibus (pesquisa recente mostrou uma queda significativa dos preços nos anúncios em outdoors. Por quê? Porque os passageiros de ônibus e carros não olham mais pela janela, estão todos hipnotizados pelos seus celulares)! Enfim, eu poderia passar o dia todo aqui dando exemplos atrás de exemplos, mas acho que já deu para entender, né?


É isso que gostaria que você assimilasse de uma vez por todas:


***A literatura moldada no padrão tradicional está em franco declínio, assim como os Outdoors!***


Não, não estou dizendo que os conteúdos dos livros não estão sendo mais consumidos. Claro que não!


Desde os primórdios da humanidade contar histórias faz parte do que somos. O ser humano é uma criatura contadora de histórias. Antigamente as pessoas se uniam ao redor de fogueiras para ouvir os anciões, hoje pagam um ingresso de cinema ou uma assinatura na Netflix para esquecer os problemas do dia a dia (e sonhar!) por meio delas.


Histórias atravessam milênios. Histórias conectam.


O que estou afirmando aqui é que a forma como elas estão sendo consumidas é que está mudando drasticamente bem diante dos nossos olhos.


E só não enxerga quem não quer.


A atenção do seu leitor — quer você queira ou não — não está mais na livraria física linda do seu bairro ou naquela megastore do shopping mais bacana da cidade.


E aí eu te pergunto: por que ficar desesperado(a) tentando a todo custo colocar seu livro nessas livrarias?


É isso que eu gostaria que você compreendesse, meu amigo(a).


O mundo mudou.


A atenção está no digital e os grandes players do mercado sabem disso, se valem disso.


E será no digital que — com as estratégias certas — você vai a atrair a atenção dos seus leitores.


Simples assim.


Grande beijo e até a próxima,








SmartAutor: Seu livro. Sua arte. Seu negócio.


VAGAS ESGOTADAS!!!


Seja o primeiro a saber quando uma nova turma for aberta! Clica aqui!


10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
  • Facebook
  • Pinterest
  • Instagram
  • Amazon ícone social
  • YouTube

Copyright © 2021 por  FML Pepper - Todos os Direitos Reservados